Formação de líquido nos olhos pode provocar descolamento de retina

Formação de líquido nos olhos pode provocar descolamento de retina

Publicado em 21 de setembro de 2017

O acúmulo de líquidos produzidos pelo próprio olho pode causar o descolamento da retina quando o paciente é afetado pela coriorretinopatia serosa central. Conhecida apenas como serosa central, a doença está relacionada a alterações na função reguladora de duas camadas do globo ocular: o epitélio pigmentar da retina e a coroide, responsáveis respectivamente pela percepção das cores e a nutrição dos tecidos oculares.

Quando essas camadas estão mais permeáveis, é possível que o líquido oriundo da coroide passar para a retina e provoque o seu descolamento. “Os sintomas podem ser percebidos pelos pacientes assim que esse descolamento ocorre, caso ele seja na zona central do olho. Se o vazamento for na zona periférica, pode demorar mais para que sejam sentidos”, explica Sebastião José Ferreira Neto, médico oftalmologista da Oftalmed.

A serosa central atinge, na maioria dos casos, jovens de 20 a 40 anos e pode estar ligada diretamente ao estresse. “A doença está relacionada a alterações hormonais, mas também pode ter influência de tendências genéticas e pode ser agravada em pacientes que estejam fazendo tratamentos a base de corticoide”, afirma o especialista.

A retina é uma membrana