IGTV: um novo jeito de produzir conteúdo, uma nova forma de ganhar clientes

IGTV: um novo jeito de produzir conteúdo, uma nova forma de ganhar clientes

Publicado em 24 de julho de 2018

O Instagram alcançou recentemente a marca de 1 bilhão de usuários ativos. Adquirido pelo facebook em 2012, quando contava com 40 milhões de usuários, a rede social traça cada vez mais um caminho para se tornar a maior do mundo, ultrapassando até mesmo seu estagnado “pai” Facebook.

Recentemente falamos aqui como, diante desses números, é natural que as empresas queiram marcar presença por lá. Só no Brasil a rede possui a segunda maior comunidade do mundo, perdendo apenas para os EUA. No artigo escrito pela sócia do Conversa, Kadydja Albuquerque, é possível encontrar dicas de como as empresas devem posicionar dentro da plataforma para atrair público e alcançar resultados expressivos. Leia aqui.

Diante do próprio sucesso, o Instagram não deixa de se reinventar. A rede social está cada dia mais personalizável, e permite aos usuários e empresas um contato cada vez mais próximo. Em sua última atualização disponibilizou um recurso para fazer perguntas através do story. Com isso, os usuários podem mandar perguntas para outros e as respostas são compartilhadas sem que o “perguntador” seja identificado no próprio story.

No entanto, os holofotes ainda estão voltados para a IGTV. O novo recurso — que também tem um aplicativo próprio —, é dedicado a vídeos e tem como foco os produtores de conteúdo e pode receber vídeos de até 1 hora de duração.
A novidade se torna uma nova oportunidade para as marcas se conectarem ao seus clientes. Com apelo voltado para o mobile, a ferramenta pode ser usada de diversas formas para divulgar novos conteúdos e produtos, promover debates, divulgar dicas, esclarecer dúvidas, e afins. São muitas possibilidades.

 

Foto de divulgação

 

As empresas voltadas para educação, por exemplo, podem usar a IGTV como um canal para esclarecer dúvidas dos usuários. Já as da área de saúde pode alertar sobre cuidados que se deve manter para ter uma vida mais saudável. O importante é aprender definir seu público e buscar a melhor forma de iniciar uma conversa.

A IGTV chega como forte concorrente do já consagrado YouTube, mas como uma abordagem diferente e focada no mobile. No lançamento, o CEO do Instagram, Kevin Systrom, denominou a nova função como: simples, 100% mobile e com imagem de qualidade. Diferente do YouTube, no qual o usuário precisa usar o celular em modo horizontal para consumir melhor o conteúdo, a IGTV irá suportar apenas vídeos em formato vertical. Além disso, o nome TV vem da ideia de consumir um conteúdo instantaneamente, assim como na televisão, no aplicativo os vídeos serão reproduzidos automaticamente e o usuários poderá passear pelos canais dos perfis que segue. A interface ainda conta com seções como “seguindo”, “popular” e “continue assistindo” para auxiliar o usuário a filtrar os conteúdos.

Para usar usar a IGTV não é necessário criar uma nova conta, o usuário pode usar o recurso através do icone disponível dentro do próprio perfil do instagram, ao lado do ícone do direct, ou baixando o aplicativo para ter uma experiência mais completa.

Todos os usuários podem fazer o upload dos seus vídeos para a plataforma, entretanto, os usuários comuns podem postar vídeos limitados a 10 minutos, ficando para os perfis verificados ou com um grande número de seguidores a opção de postar conteúdos de até 1 hora. Os vídeos podem ser filmadas na própria IGTV ou enviados de arquivos externos, e podem ser postados através do aplicativo ou pelo site.

Nesse primeiro momento, a IGTV funciona sem nenhum tipo de anúncio ou monetização. No entanto, CEO Kevin Systrom informou que logo isso será discutido entre o Instagram e os criadores de conteúdo.

Uma pesquisa realizada pela Cisco em 2015 relatou que até 2019 os vídeos serão responsáveis por 80% do tráfego de internet no mundo, com 3,9 bilhões de pessoas conectadas e um número de dispositivos capazes de acessar a web sendo três vezes maior que a população global. Em 2016, o presidente do Facebook Mark Zuckerberg afirmou ao Buzzfeed que entramos na era dourada dos vídeos, passando inclusive o Facebook a se moldar a essa preferência dos usuários.

Além disso, de acordo com a Hubspot, consumidores que querem saber mais sobre um produto são 4 vezes mais propensos a assistirem um vídeo sobre o produto do que ler a respeito. Isso mostra como os vídeos são uma excelente ferramenta para o marketing.

É fundamental que as marcas se atentem a esse novo recurso para a produção de conteúdo, enxergando nos vídeos, e agora, na IGTV, um novo canal para atrair público e impulsionar a venda de produtos por meio de uma linguagem que converse com o cliente.

 

Joana Diniz
Estudante de Jornalismo na Universidade de Brasília, de Publicidade e Propaganda na Faculdade Projeção e estagiária no Conversa Coletivo de Comunicação Criativa

Relacionadas