Coletiva de Imprensa: quando fazer?

Coletiva de Imprensa: quando fazer?

Bruno Aguiar

Bruno Aguiar Publicado em 11 de Abril de 2017

A Coletiva de Imprensa é uma grande aliada na hora de divulgar notícias. Bastante eficiente, essas reuniões entre jornalistas e o emissor da informação tendem a causar uma certa comoção entre os veículos de Comunicação, pois criam expectativas em torno das novidades que serão divulgadas. Mas os tempos mudaram. E as formas de divulgar informações também. Pensando nisso, separamos alguns questionamentos que podem auxiliar você na hora de optar por uma coletiva de Imprensa ou não.

Qual a relevância da notícia?

Por conta da crise nos veículos de Comunicação, grande parte das redações conta com um número reduzido de jornalistas. Com a exigência crescente da notícia em tempo real, jornalistas – principalmente de mídia online – escrevem duas, três, quatro ou até mais matérias por dia. Isso tornou mais difícil deslocar um profissional da redação para uma coletiva.

Assim, a coletiva de Imprensa se transformou em uma ferramenta usada para divulgar informações de grande interesse popular e, consecutivamente,  de interesse de um número grande de veículos de comunicação, como o anúncio de novas medidas do governo, avaliação de jogadores e técnicos após uma partida futebol e a promoção de grandes eventos ou feiras de negócio.

Nestes exemplos, ficaria muito difícil falar sobre o mesmo assunto individualmente com cada veículo. Por isso, uma coletiva se justifica.

Empresas fazem coletiva de Imprensa?

Fazem. Mas, como explicado acima, a notícia precisa ter um grande apelo e interesse. Empresas maiores possuem isso e promovem esses encontros para fazer anúncios estratégicos de forma pontual. Coletivas de Imprensa também podem ser convocadas em casos de Gerenciamento de Crise. Mas isso é outro ponto. Inclusive, falamos sobre o assunto aqui.

Então, qual a melhor estratégia de divulgação?

Existem várias estratégias para divulgar uma notícia, ação ou evento. Se a coletiva de Imprensa não é a melhor opção para o que você quer anunciar, a sua Assessoria de Comunicação pode indicar a melhor saída. Sua empresa pode, por exemplo, promover encontros individuais com jornalistas. Você pode ainda visitá-los nas redações ou propor um almoço ou café. Será uma boa oportunidade para criar um relacionamento com esse veículo e espaço para a defesa da sua notícia.

O meu cliente não abre mão da coletiva de Imprensa. E agora?

Aqui falo diretamente com as assessorias de Comunicação. Se o seu cliente não quiser abrir mão de um encontro com a Imprensa e você, como profissional de Comunicação, identificar que a notícia não tem apelo suficiente para a convocação, é seu papel identificar saídas para equalizar a questão. Pode ser bastante difícil para você reunir 10 ou 15 jornalistas para esse encontro, mas talvez seja mais fácil promover um almoço com a presença de pelo menos 5 veículos, por exemplo.

Minha notícia tem apelo e quero a coletiva de Imprensa. O que fazer?

Se você avaliou que a sua notícia tem força o suficiente para uma convocação de jornalistas, ótimo! Agora precisamos definir data, local e os veículos que serão convidados. Para isso será preciso o estudo e acompanhamento de profissionais de Comunicação para que a ação seja um sucesso. Alinhar o discurso entre os porta-vozes também é uma etapa importante. Mas falaremos mais detalhadamente sobre a organização de uma coletiva de Imprensa em outro artigo.

Boa sorte e estamos à disposição para o que precisar!

 

Bruno Aguiar é sócio do Conversa Coletivo de Comunicação Criativa e gestor de Comunicação

Relacionadas