7 lições de Comunicação Empresarial que podemos aprender com Anitta

7 lições de Comunicação Empresarial que podemos aprender com Anitta

Bruno Aguiar

Bruno Aguiar Publicado em 25 de janeiro de 2018

Ela tem se tornado uma artista cada vez mais relevante e 2017 foi o seu ano. Anitta é o maior nome da música nacional atual, tem aberto caminhos na carreira internacional e não podemos deixar de olhar para ela como um grande exemplo de empresa bem administrada.

Analisei os últimos feitos da cantora e foi fácil perceber que muitos princípios fundamentais da Comunicação Empresarial foram aplicados no seu projeto CheckMate. O sucesso não vem por acaso!

Muitas dessas estratégias, às vezes consideradas óbvias, são, acredite, muito esquecidas no dia a dia das organizações, públicas ou privadas.

Conheça 7 dessas estratégias que podem levar a sua organização a atingir metas e ampliar resultados.

 

1. Apresente novidades

Uma das estratégias utilizadas por Anitta para chamar atenção para o seu trabalho foi anunciar, no segundo semestre de 2017, um novo projeto. Mas perceba que não era uma iniciativa qualquer. O CheckMate atendia diversas exigências que um projeto bem sucedido precisa ter para ser sucesso. Ele era:

Audacioso: lançar uma música e clipe por mês, durante quatro meses, é bastante desafiador e chamou atenção por isso;

Relevante: as músicas contariam com parcerias internacionais e gravações realizadas em outros países;

Curioso: o projeto tinha diversos aspectos que chamariam a atenção do público e aguçariam a sua curiosidade;

Estratégico: a expressão CheckMate é internacional e usada com o mesmo significado em vários lugares do mundo. Além disso, representa as várias jogadas que Anitta faria com as músicas.

Consegue visualizar melhor agora como um projeto precisa passar por diversos crivos antes de ir pra rua? Então…

 

 

2. Use vários canais para falar sobre o mesmo assunto

Quando queremos atingir um público grande de pessoas, é preciso unir esforços. Liste todos os canais que você tem à sua disposição e use-os. No caso de Anitta, ela fez uso de uma infinidade de canais.

Ela postou no Facebook, fez live no Instagram, replicou no Twitter, colocou no YouTube, também no seu site oficial, foi a programas de TV, falou com rádios, deu entrevistas a portais de notícias, gravou vídeos para outras redes sociais, ativou influenciadores digitais que têm afinidade com o seu trabalho e muito mais. Lembrando que muitas dessas estratégias também foram replicadas em outros países.

 


ABC Breaking News | Latest News Videos

Anitta em entrevista à TV americana ABC News.

 

3. Inove

Não adianta apenas usar todos os canais possíveis. É preciso inovar na hora de transmitir a mensagem. E não estamos falando de nada impossível. Basta usar a criatividade e pensar em novos formatos e novas ações que possam causar impacto na hora de divulgar o seu projeto e/ou empresa.

 

Anitta espalhou peças gigantes de xadrez em várias cidades para divulgar o CheckMate. Também fez uma transmissão ao vivo durante 24 horas para divulgar o lançamento de “Is
That For Me”

 

4. Gerencie crises de imagem de maneira estratégica

É possível que você precise gerenciar uma crise de imagem não-prevista no meio do percurso. E essa situação precisa ser contornada em tempo hábil e de maneira assertiva. O assunto é denso, por isso escrevi um artigo exclusivamente sobre gerenciamento de crise de imagem. Você pode conferir aqui

No caso de Anitta, a cantora precisou lidar repentinamente com uma situação de potencial explosivo ao projeto. O americano Terry Richardson, diretor do seu último clipe, Vai Malandra, se envolveu em um escândalo mundial de assédio sexual.

Anitta já levantou a bandeira contra o assédio sexual diversas vezes, por isso uma corrente se levantou na internet pedindo que ela não lançasse um clipe cujo o diretor era um acusado de assédio. Mas essa era a maior aposta dela para o mercado brasileiro. O que fazer?

Anitta enviou uma nota, curta e objetiva, para um portal de notícia, que se espalhou pela internet. A nota é resolutiva e trata o assunto com bastante apelo emocional, ampliando as chances de aceitação do público. Confira!

“Imediatamente após tomar conhecimento sobre as acusações de assédio que envolvem o diretor Terry Richardson solicitei que minha equipe avaliasse o contrato para verificar o que juridicamente poderia ser feito. Estudamos todas as possibilidades, que foram além das questões jurídicas, passando também pelo envolvimento emocional, levando em consideração o imenso trabalho digno de todos os artistas e colaboradores que de alguma maneira fizeram este clipe acontecer. Esse não é um trabalho de uma pessoa só. Manterei minha promessa aos moradores do Vidigal e aos meus fãs lançando o clipe de “Vai Malandra” em dezembro deste ano. Mostrando um pouco das minhas origens e mais sobre o funk carioca, do qual me orgulho muito de ser representante.”

Não deu outra. Vai Malandra foi lançada e é um sucesso!

 

5. Associe-se a marcas que agreguem

Quando falamos de marcas, estamos falando de valores. É dessa forma que as pessoas enxergam a sua organização e as parcerias que pessoas e empresas fazem entre si. Ninguém quer ser associado a algo ou alguém sem credibilidade, correto? Com as organizações é a mesma coisa.

É preciso avaliar os benefícios e riscos que qualquer parceria, associação ou mesmo uma mudança de marca podem trazer. Os valores são subjetivos, mas na hora de passar a mensagem, é preciso ser bastante objetivo. Se para cada dez benefícios você tiver dois riscos, sugiro que repense os próximos passos.

Anitta fez isso muito bem. Todos os quatro clipes que lançou pelo CheckMate têm parcerias com pessoas que conversam com o seu público, possuem credibilidade no mercado em que atuam e que ampliariam bastante a visibilidade do projeto: Poo Bear, Alesso, J.Balvin, Mc Zaac, Maejor, Tropkillaz e DJ Yuri Martins.

 

6. Valorize dados sobre a sua marca

Números tornam textos mais palpáveis. Não adianta você dizer que é um sucesso e não mostrar. E existem várias possibilidades de uma organização fazer isso. Sua empresa aumentou o faturamento no último ano em quantos por cento? Qual percentual de clientes satisfeitos você tem? Como está a sua avaliação nas redes sociais? Você possui pesquisas próprias sobre o mercado em que atua? Já fez levantamos para saber como as suas decisões estão em convergência com a necessidade do seu público?

Essas são algumas opções de número que uma organização pode utilizar, quando positivos, para potencializar a sua comunicação e crescer em credibilidade e imagem.

Com Anitta não foi diferente. Durante todo o CheckMate foram divulgados diversos números que escancaravam a amplitude do seu sucesso. Vários recordes quebrados e muitos até criados.

 

 

7. Conte com um time qualificado de profissionais de Comunicação

Anitta é sua própria empresária e comanda o seu negócio como ninguém, mas não está sozinha. Existe um time de profissionais nas mais diversas áreas da Comunicação Empresarial que fizeram do CheckMate, juntamente com a cantora, um sucesso. Não à toa ela sempre agradece e reconhece esses profissionais em entrevistas.

Com as organizações não é diferente. Listei aqui diversas estratégias que a sua organização precisa para chegar aos resultados que deseja, mas é preciso contar com profissionais com conhecimento técnico e experiência para tornar cada uma delas realidade.

Assim como o Conversa Coletivo de Comunicação Criativa, há inúmeras empresas de Comunicação Empresarial capacitadas para te auxiliar nesse processo e estão à disposição para te auxiliar nesses desafios. Conte conosco!

Bruno Aguiar é especialista em Comunicação Empresarial, pesquisador em Comunicação Digital e sócio-diretor do Conversa Coletivo de Comunicação Criativa

Relacionadas